Desenvolvimento profissional

Descubra o que é um business partner e como pode ajudar sua empresa!

junho 16, 2019
Tempo de leitura 4 min

O RH de uma organização funciona como um quebra-cabeça. É preciso que todas as peças estejam alinhadas para o trabalho ficar completo. O business partner é uma dessas peças fundamentais. Tal profissional desempenha um papel que busca viabilizar a estratégia organizacional por meio das pessoas.

A ideia deste artigo é explicar melhor como as atribuições desse profissional impactam no dia a dia, ajudando no desenvolvimento corporativo!

O business partner

O business partner, ou BP, pode ser definido como um profissional estratégico que atua na consultoria da alta gestão de uma organização, provendo dados relevantes que impactarão a tomada de decisão sobre pessoas, liderança, sucessores dentre outros.

Ele é uma espécie de ligação entre os gestores, os times e o RH da organização. A ideia é criar um contexto favorável no cumprimento da missão organizacional e resultados desejados.

A primeira vez que o termo foi utilizado remete à década de 1980. O professor americano, Dave Ulrich, que cunhou a expressão, tinha como objetivo estabelecer uma posição que fosse um contato direto entre o gestor e o restante da estrutura organizacional.

Geralmente, um bom BP precisa saber planejar, executar, ter um entendimento sistêmico do negócio, entre outras habilidades. Ele é um parceiro do RH na busca por uma visão mais holística do negócio, ajudando diretamente no desenvolvimento de colaboradores mais estratégicos.

As principais atribuições desse profissional

Como já foi mencionado, o trabalho do business partner foca muito na questão estratégica ligada à gestão de pessoas. Por isso, confira a seguir algumas de suas principais atribuições!

Viabilizar estratégias na área de atendimento

A ideia é que o BP trabalhe o alinhamento entre a organização e seus colaboradores, colocando as duas partes sob um mesmo foco, a fim de gerar resultados mais eficientes.

No atendimento, por exemplo, ele viabilizará toda a estratégia para que o time responsável seja capaz de atender bem o público e ter um desempenho acima da média.

Capacitar e preparar lideranças

Cabe também ao business partner capacitar e preparar lideranças e os times. Ou seja, criar treinamentos e planos individuais de desenvolvimento para que ambos sejam alinhados aos objetivos da organização em questão.

Por isso, entre as suas funções estão avaliar a produtividade, estabelecer quais as técnicas mais eficientes que podem ser aplicadas no grupo, melhorar a performance e discutir boas práticas com o gestor, que deve estar preparado para constantes mudanças, devido a volatilidade do mercado.

Identificar e gerir talentos

Uma das maiores dificuldades das organizações na modernidade é identificar e gerir os talentos. O business partner vem justamente conduzir tal processo.

Além de ajudar na seleção e recrutamento de talentos, ele auxilia na tomada de decisão estratégica sobre a atuação do profissional, provendo todos os instrumentos desde capacitação até alinhamento com o gestor, a fim de retê-lo e acelerar sua prontidão, bem como seu potencial de desenvolvimento futuro.

Mediar conflitos

O business partner também deve desenvolver um trabalho de mediação de conflitos, que são comuns, visto que uma organização costuma ter um time heterogêneo. Ele será o responsável por trazer o equilíbrio entre as expectativas dos colaboradores e a estratégia do negócio para o futuro desconhecido. Sendo capaz de enxergar a frente.

Bons motivos para instituir um profissional para o papel de business partner

Contratar um profissional para a posição de business partner dará maior consistência à atuação da gestão de pessoas em todas as frentes, tornando a área ainda mais importante para a organização. Além disso, um bom profissional será capaz de fazer uma ligação entre o líder e seus liderados, tornando a atuação conjunta mais proveitosa.

Por isso, é importante buscar um profissional mais apto a analisar as demandas e torná-las realidade com maior eficiência, qualificando o quadro de colaboradores e trazendo maior qualidade profissional para a realidade corporativa.

Enfim, para organizações que desejam se tornar mais competitivas, a presença do business partner é essencial, como mostrado ao longo do artigo. Já para aqueles que querem se tornar profissionais na área é necessário se atualizar por meio de certificações, especialmente aquelas ligadas ao ambiente de mudança, VICA, e no domínio de técnicas de articulação, antecipando a capacidade do profissional em lidar com um futuro desconhecido.

Lembre-se que o BP faz a mediação e interlocução viabilizando o propósito da área que atende, assegurando o alinhamento do gestor com seu time, sem descuidar de sua principal missão que é viabilizar a estratégia da organização através das pessoas, assegurando a aplicação das políticas de Recursos Humanos.

Ficou com alguma dúvida ou quer compartilhar a sua impressão sobre o assunto? Deixe um comentário!

Powered by Rock Convert

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário

Scroll Up