Desenvolvimento profissional

Como adequar sua consultoria ao novo contexto VUCA?

novembro 12, 2019
Tempo de leitura 6 min

O mundo está passando por mudanças. Sempre esteve, mas nunca de forma tão brusca, ampla e profunda, exigindo de cada pessoa uma capacidade de adaptação maior. Esse é o chamado contexto VUCA, que afeta a vida cotidiana de várias pessoas e organizações — e o trabalho realizado na área de recursos humanos.

Se você ainda não conhece o VUCA, é melhor começar a se informar o quanto antes. Esse conceito é muito importante para orientar seu trabalho de consultoria e assessoria, interna e externa, especialmente com o crescimento do número de startups e a necessidade de as organizações se reinventarem e trabalharem sua criatividade.

Para ajudar a entender melhor o tema, vamos explicar o que é o VUCA, quais são suas principais características e como você pode se adaptar a esse novo contexto. Acompanhe!

O que é o contexto VUCA e quais são seus efeitos?

Em primeiro lugar, “VUCA” é uma abreviação de 4 termos em inglês, os quais descrevem como estão o mundo e as relações de trabalho hoje em dia. Vejamos a seguir:

  • Volatility (Volatilidade): fala justamente de como as mudanças no mundo são rápidas e repentinas. É cada vez mais difícil prever certos eventos e criar planos de longo prazo, pois é necessário levar em conta toda a aleatoriedade e o caos atuais;
  • Uncertainty (Incerteza): o mundo empresarial hoje, inclusive o RH, põe muita ênfase no uso de dados para tomar decisões. Mas e se esses dados não forem confiáveis? Como o próprio termo já deixa a entender, há muita incerteza com relação aos resultados de qualquer decisão, pois há mais variáveis em jogo do que você é capaz de calcular. Além disso, e acima de tudo, as conclusões anteriores não asseguram movimentos futuros;
  • Complexity (Complexidade): falando em “mais variáveis”, isso aumenta a complexidade das estruturas, o que torna qualquer decisão, por mais simples que seja, um grande exercício mental. Lidar com sistemas amplos, que se comunicam entre si, é parte da rotina de trabalho da geração atual;
  • Ambiguity (Ambiguidade): além de ser necessário questionar qualquer evidência, é preciso questionar as relações entre elas. Há tantas coisas em efeito ao mesmo tempo que qualquer experimento pode levar a resultados ambíguos, em que mais de uma explicação ainda é perfeitamente válida.

Esses conceitos já estão se espalhando por diversas partes do mundo corporativo, pois representam bem a nossa realidade, cada vez mais tomada pela tecnologia digital. Adaptar-se ao contexto VUCA é praticamente obrigatório para organizações que pretendem se manter relevantes pelos próximos anos.

Como você pode se adaptar a esse novo mundo?

Tendo todos esses efeitos em mente, o que você pode fazer para integrar esses conceitos em seu papel na área de recursos humanos e/ou gestão de pessoas? Veja aqui algumas dicas.

Flexibilidade dos processos e responsabilidades

A atribuição de responsabilidades e funções é muito útil para uma organização, mas também pode levar a certas limitações, se for inflexível, e ao colapso, se a busca for por estabilidade e controle. Quando alguém assume outra função devido a uma situação, outros profissionais precisam ser capazes de assumir seu lugar. Caso o time seja reconfigurado, todos precisam ter um direcionamento a múltiplas atribuições para o futuro incerto.

Qualquer estrutura, hoje em dia, precisa ser flexibilizada se quiser sobreviver às constantes mudanças que são instituídas — seja por causa de disrupturas econômicas, sociais, políticas ou tecnológicas, que afetam as preferências das pessoas e o comportamento social, ou por qualquer outro motivo. A recomendação aos clientes, internos ou externos, é a de criar estruturas mais flexíveis, descentralizando responsabilidades vitais para o desempenho do negócio e incrementando a responsabilidade do time.

Persistência diante de desafios

A capacidade de lidar com adversidades e manter o mesmo nível de esforço é um dos fundamentos para as organizações e profissionais, seja na área de RH ou em qualquer outra. Dentro do contexto VUCA, não é mais uma opção desistir de um objetivo assim que algo não sai como esperado, pois, dessa forma, você sequer começará qualquer iniciativa.

Claro, não estamos falando em orientar seus clientes a persistirem em tudo e se tornarem irresponsáveis ou obstinados, cegos nos erros. É apenas uma questão de saber avaliar a situação, adaptar-se e aprimorar seu trabalho. Ou seja, ter ‘prudência’, uma virtude cardeal que requer coragem para o que deve ser atacado e para abandonar uma situação de risco demasiado alto, evitando a inconsequência de desistir cedo demais ou reavaliar tarde demais.

Maior cooperação entre os indivíduos

Mais do que nunca, as pessoas são interdependentes, ou seja, é necessário que todas colaborem e cooperem para alcançar objetivos maiores. É possível fazer do meu jeito por conta própria, é verdade, mas jamais com maior valor agregado, haja vista que os melhores empreendedores são aqueles que aprendem a cooperar com os demais, ajudando e se permitindo serem ajudados no processo.

A criação de parcerias confiáveis é a melhor maneira de atuar frente à instabilidade e à incerteza do contexto atual. Enquanto você tiver outras pessoas com as quais possa contar, suas dificuldades serão bem menores e suas ideias bem mais criativas e inovadoras.

Estar pronto para quando algo não sai como o planejado

Ter um plano de ação, como já deixamos a entender, também não é mais o suficiente. Você precisa de um plano B e, em alguns casos, um plano C. Afinal, se você já sabe que algumas coisas não vão sair como o planejado, então é melhor estar preparado para eventualmente um plano A/B com interveniência de C.

Além disso, você precisa saber improvisar e flexibilizar suas ideias, já que não é possível prever todo e qualquer resultado possível. É bom ensinar seus clientes a tomarem decisões rápidas e assertivas, pois isso irá salvá-los diversas vezes. A única certeza é de que nada vai acontecer como planejamos.

Integração com a tecnologia em todos os níveis

O contexto VUCA surgiu principalmente graças à maior presença e convergência da tecnologia digital no dia a dia das organizações. Com esses recursos, todos os setores da economia se aproximaram e passaram a se afetar de forma mais direta. Daí vem tanta instabilidade e incerteza. Sendo assim, para acompanhar o ritmo, todo negócio precisa adotar tecnologias em seu dia a dia. Isso inclui seus clientes e os clientes da sua consultoria.

Analisar tudo dentro de um contexto

Por fim, mas não menos importante, você precisa saber de onde vem sua informação e no que ela é aplicada. Se você não entende como surgem suas oportunidades, qual é a expertise de seus clientes e a que tipo de conhecimento eles têm fácil acesso, por exemplo, é mais difícil oferecer um serviço efetivo.

Com essas informações, você já pode começar a adaptar sua atividade para o contexto VUCA. Mas não se esqueça: os tempos mudam rapidamente. Lembre-se de continuar adaptando seus métodos e aprimorando seus conhecimentos.

Quer dar o primeiro passo para continuar prestando um bom serviço nesse novo contexto? Então entre em contato com a Formare Associados, conheça nossa metodologia, certifique-se e comece uma nova abordagem “viabilizando a estratégia organizacional através das pessoas”!

Powered by Rock Convert

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário

Scroll Up